Juizado Especial no Maracanã foi considerado positivo por juiz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 19:00, por: cdb

A primeira experiência do Juizado Especial no Estádio do Maracanã foi considerada positiva pelo juiz Murilo Kieling, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Ao fazer nesta segunda-feira o balanço da atuação do Juizado Especial, Kieling afirmou que a presença do juizado inibiu a violência no Maracanã.

“Foi um jogo com mais de 80 mil pessoas, e tivemos pouquíssimas ocorrências”, disse o juiz.

Segundo Murilo Kieling, o Juizado Especial do Maracanã registrou apenas oito ocorrências, duas delas ligadas a ingressos falsificados.

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Miguel Pachá, anunciou nesta segunda-feira que o Juizado Especial também será instalado em eventos que tenham grande aglomeração de público, como, por exemplo, festivais de músicas ao ar livre.