Juíza dá novo prazo para desocupação da Receita em Porto Alegre

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 15 de outubro de 2003 as 20:41, por: cdb

A juiza da 8ª Vara Cível da Justiça Federal, Luciane Amaral Corrêa, concedeu novo prazo, até esta quinta-feira, ao meio dia para a saída dos cerca de 800 integrantes do MST e do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).

Eles ocupam o pátio e o estacionamento do Ministério da Fazenda, onde funciona a receita Federal, em Porto Alegre. Incialmente o prazo dado pela juíza era nesta quarta às 8h da manhã.

Nesta quarta à tarde a juíza participou de uma audiência de conciliação com representantes dos movimentos, a Advocacia-Geral da União, Ministério da Fazenda e Ministério Público Federal.

Após o encontro, de acordo com o prometido às lideranças dos dois movimentos, a juíza enviou fax aos ministros do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, e da Fazenda, Antonio Palocci, solicitando que recebam os agricultores em audiência a fim de ouvir suas reivindicações.

Ficou acertado também um encontro dos colonos com o superintendente do Incra no estado, César Aldrighi.