Juiz acusado de vender sentenças é transferido para Brasília

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de abril de 2004 as 01:32, por: cdb

O juiz federal João Carlos da Costa Matos, preso sob acusação de participar do esquema de venda de sentenças judiciais a traficantes e contrabandistas, foi transferido de uma cela nas dependências da Polícia Federal em São Paulo para a sede da Polícia Federal em Brasília.

O juiz saiu de São Paulo às 22h05 em um vôo da Tam e deve chegar a Brasília por volta de meia-noite. A transferência foi determinada pela desembargadora Teresinha Cazerta, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.