Jovens que mataram índio a pedradas são condenados no Rio Grande do Sul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de junho de 2003 as 16:21, por: cdb

Os dois jovens de 19 anos que mataram a pedradas no Rio Grande do Sul o índio caigangue Lepoldo Crespo, de 17 anos, foram condenados por homício duplamente qualificado.

Um deles recebeu pena de 11 anos e 5 meses de reclusão, e o outro de 14 anos e 8 meses de regime fechado.

O terceiro acusado, de 16 anos, será recolhido a uma fundação de assistência a menores. O crime ocorreu em 6 de janeiro deste ano, no município de Miraguaí, onde fica a reserva dos caigangues.

Mais de 60 indígenas da reserva de Quarita acompanharam o julgamento em Tenente Portela, no norte do estado.