Jornalistas mortos na Síria foram enterrados em Homs–vídeos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 19:01, por: cdb

Jornalistas mortos na Síria foram enterrados em Homs–vídeos

BEIRUTE, 1 Mar (Reuters) – A correspondente de guerra norte-americana Marie Colvin e o fotógrafo francês Remi Ochlik foram enterrados na cidade síria de Homs, onde morreram durante um bombardeio oito dias atrás, segundo vídeos divulgados na Internet.

Um homem que aparece nos vídeos mostra dois corpos envolvidos em um pano branco, identificados com seus nomes, e explica que foram enterrados porque a cidade não tinha eletricidade, e os cadáveres já não podiam ser preservados.

“Marie Colvin morreu como mártir em Baba Amro porque estava enviando (…) uma mensagem humanitária, transmitindo a verdade do que acontecia em Baba Amro”, disse o homem, que usava roupas médicas, uma máscara e um estetoscópio.

Ativistas dizem que Colvin e Ochlik morreram em 22 de fevereiro durante intensos bombardeios contra o distrito de Baba Amro, em Homs, bastião dos rebeldes que lutam contra o governo do presidente Bashar al-Assad.

Os vídeos têm data de 27 de fevereiro.

A agência estatal síria informou na quinta-feira que as autoridades haviam achado os corpos de Colvin e Ochlik e que seriam transferidos a Damasco para a realização de exames de DNA, e que logo seriam entregues às embaixadas de Polônia e França.

(Reportagem de Dominic Evans)

Reuters