Jornalistas da BBC protestam contra seqüestro de correspondente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2007 as 11:29, por: cdb

Um grupo de jornalistas da BBC Broadcasting reuniu-se, na manhã desta terça-feira, para protestar contra o possível seqüestro do correspondente da emissora, Alan Johnston, na Faixa de Gaza. A empresa afirmou, em nota, que a organização está preocupada com o desaparecimento de Johnston: “Nós estamos cientes de relatos a respeito do paradeiro do correspondente da BBC em Gaza Alan Johnston”, diz o comunicado.

“Estamos impossibilitados de contatá-lo no momento e estamos preocupados com a sua segurança. Estamos tentando reunir toda a informação possível”, diz o texto divulgado.

O jornalista havia deixado o seu escritório na cidade de Gaza no meio da tarde (horário local) e, pouco tempo depois, o veículo em que ele estava foi encontrado abandonado.Os serviços de segurança palestinos afirmam suspeitar que Johnston tenha sido seqüestrado. O comunicado da BBC não menciona a possibilidade de seqüestro.

A nota da BBC diz ainda que Johnston é um repórter muito experiente e respeitado e que está baseado em Gaza há três anos.Vários jornalistas e funcionários de organizações não-governamentais foram seqüestrados nos últimos tempos, mas todos foram liberados ilesos. A polícia palestina afirmou que quatro homens armados foram vistos nos arredores do local onde o carro de Johnston foi encontrado.

O ministro do Interior palestino, Sayeed Sayyam, disse que o desaparecimento de Johnston foi um “ato criminoso”. As forças de segurança palestinas montaram barreiras ao redor de Gaza e iniciaram buscas ao correspondente da BBC.