Jornal do Chile publica antiga entrevista de Pinochet

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 15 de setembro de 2003 as 03:05, por: cdb

O general chileno Augusto Pinochet afirmou que o presidente Salvador Allende o indicou para o comando do Exército por recomendação do Partido Comunista, segundo uma antiga entrevista publicada no último domingo.

Numa longa conversa em fevereiro de 2001 com o historiador americano James Whelan e divulgada no domingo pelo jornal La Tercera, Pinochet considerou Patricio Aylwin, que lhe sucedeu como presidente em 1990, ‘um desgraçado’ e ‘o pior presidente que o Chile já teve’. Já Eduardo Frei Ruiz Tagle, que governou em seguida, era ‘inofensivo’.

Sobre a esquerda, o ex-governante disse que a ‘odeia’ desde o dia do golpe, 11 de setembro de 1973, e se vangloriou de tê-la enganado desde antes.
 
– Sabe quem me recomendou a Allende (para ser nomeado chefe do Exército)? O Partido Comunista. Eles sim que se equivocaram comigo – declarou Pinochet.

A entrevista foi feita um mês depois que Pinochet, já desaforado (com a imunidade retirada) como senador vitalício, foi processado no Chile pelo juiz Juan Guzmán como autor de 57 homicídios e 18 seqüestros durante a ditadura.

Allende designou Pinochet como chefe do Exército em 23 de agosto de 1973 e, 19 dias depois, o general derrubou o presidente num sangrento golpe, instaurando uma ditadura que durou 16 anos e meio.

Na entrevista, o ex-ditador parece mentalmente ágil e rápido para responder, além de ter sido taxativo em suas opiniões, como a de que o juiz Guzmán seria ‘um ambicioso. Ele não tinha muitos recursos quando jovem, e isso o tornou muito ambicioso’.

A publicação coincidiu com uma manifestação de cerca de 5 mil pessoas em Santiago em memória das mais de 3 mil vítimas da ditadura de Pinochet (1973-1990) e contra a impunidade.

Durante a manifestação, um grupo de encapuzados lançou pedras e coquetéis molotov contra a polícia, que respondeu com bombas de gás lacrimogêneo. Pelo menos três pessoas ficaram feridas e dez manifestantes foram detidos.