Jornal diz que Saddam está vivo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 20 de junho de 2003 as 10:18, por: cdb

Integrantes do governo americano disseram ter interceptado conversas no Iraque que indicam que Saddam Hussein provavelmente ainda está vivo.

Funcionários do departamento de Defesa em Washington disseram ao jornal The New York Times que foram ouvidas discussões entre membros fugitivos do antigo governo do país sobre a necessidade de proteger Saddam.

Esses mesmos funcionários disseram que essas informações haviam feito com que a busca pelo ex-presidente e pelos seus filhos, Uday e Qusay, fosse intensificada novamente.

De acordo com o The New York Times, a visão que prevalece entre os analistas dos serviços de espionagem é que, se Saddam ainda está vivo, ele está no Iraque.

Resistência aos americanos

Alguns analistas acreditam que o destino do ex-ditador é um elemento importante para entender a resistência às forças de ocupação americana no Iraque.

O paradeiro dos filhos de Saddam, segundo o jornal, ainda é um mistério. Muitos analistas acreditariam que o segundo filho do ex-presidente, Qusay, estaria vivo.

Mas o debate ainda continuaria sobre Uday Hussein, o filho mais velho de Saddam, que alguns acreditariam ter sido morto, possivelmente no primeiro ataque americano ao Iraque, ainda conforme o The New York Times.

Raghad Hussein, filha mais velha do ex-presidente iraquiano, disse ao jornal britânico The Sunday Times na última semana, que, apesar de não ter falado com o pai e os irmãos Uday e Qusay desde o início da guerra, acreditava que eles estão vivos.

– Eu sei que eles sobreviveram – afirmou ela ao jornal.

Nesta semana, as forças americanas no Iraque prenderam Abid Hamid Mahmud Al-Tikriti, secretário presidencial de Saddam Hussein e número 4 na lista de procurados divulgada pelos Estados Unidos.

A expectativa no governo Bush era de que Mahmud Al-Tikriti pudesse dar alguma indicação sobre o paradeiro de Saddam Hussein, e possivelmente sobre armas de destruição em massa.