João Paulo diz que passeata vai acelerar aprovação de projeto de desarmamento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de setembro de 2003 as 14:00, por: cdb

O presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha, afirmou neste domingo, no Rio, que a passeata Brasil Sem Armas vai acelerar a aprovação do projeto de desarmamento. Ele acredita que a lei pode ajudar a desarmar a sociedade e reduzir as violência e a insegurança, e defende uma fiscalização mais rigorosa depois que a proposta for aprovada.

Para João Paulo, o importante é que embora comece devagar, essa lei produzirá resultados fantásticos porque toda a arma apreendida passa a ser ilegal. O projeto deverá ser levado a plenário no dia 30, e o parecer é favorável à aprovação. “Mais do que aprovar, o importante é conseguir criar nessa fase uma consciência na sociedade de que, aprovada a lei, todo mundo precisa se emprenhar para que efetivamente auxilie efetivamente o desarmanento e combata a violência”.

Cunha admitiu que existe um lobby de armas no Congresso, mas assegurou que prevalecerá a sociedade.

Com a execução do Hino Nacional, há pouco, foi iniciada a passeta Brasil sem Armas, que contará também com a participação do ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, que já estava na concentração.
14/09/2003