João Hélio: acusado muda versão do crime

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de março de 2007 as 21:11, por: cdb

Em novo depoimento à juíza Angélica dos Santos Costa, da 1ª Vara Criminal de Madureira, no subúrbio do Rio, nesta quinta-feira, Diego Nascimento Silva, acusado pela morte do menino João Hélio, mudou seu testemunho. Segundo ele, Carlos Eduardo Toledo Lima sabia que o menino estava pendurado do lado de fora do carro.

Diego confirmou que seria o carona do carro roubado, Carlos Eduardo, o motorista, e o menor estaria no banco de trás. Carlos Roberto da Silva e Tiago de Abreu teriam sido os responsáveis por levar o bando até o local do roubo, segundo Diego. Os dois estariam acostumados a fazer “bonde”, que é o transporte de criminosos para o local do delito. Ele também teria dito que os cinco praticavam roubos na área freqüentemente.

O acusado contou à juíza que os advogados de defesa teriam instruído para ele mentir em seu depoimento anterior. Fato que não foi confirmado pelos advogados.