Jerusalém faz parada gay com forte esquema de segurança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de novembro de 2006 as 16:02, por: cdb

Milhares de homosexuais e simpatizantes desfilaram nesta sexta-feira na Universidade Hebraica de Guivat Ram, em Jerusalém, sob forte esquema de segurança, levando adiante uma parada gay que havia provocado protestos religiosos e ilustrado as divisões na sociedade isralense.

Dezenas de ativistas foram detidos quando tentavam realizar passeatas nas ruas, o que havia sido proibido pelo governo. Em alguns pontos da cidade houve pequenas brigas entre ativistas de direita e militantes de causas sociais. A parada gay foi proibida de acontecer nas ruas de Jersusalém, mas a organização concordou em manter o evento no estádio da Universidade Hebraica.
Segundo a polícia, três mil agentes fazem a segurança no local. Judeus ultra-ortodoxos e outros manifestantes não puderam entrar no estádio. A polícia montou bloqueios nas vias de acesso ao estádio, e várias ruas foram interditadas