Japão quer cancelar compra de aviões militares dos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 14:46, por: cdb

O ministro japonês de Defesa, Naoki Tanaka, advertiu nesta quarta-feira (29) que talvez posssa ser cancelada a compra de quatro aviões de caça F-35 se a multinacional estadunidense Lockheed Martin atrasar a entrega ou elevar seu preço.

Durante uma sessão parlamentar, Tanaka afirmou: “se a proposta estadunidense fracassar, deveríamos contemplar a possibilidade de cancelar o contrato ou selecionar um novo avião” para as Forças Aéreas, de acordo com a agência de notícias japonesa.

Em dezembro do ano passado, este país informou que favoreceu o F-35 de Lockheed Martin como o novo modelo principal das Forças Aéreas de Autodefesa, frente ao F/A-18 de Boeing e o Typhoon do consórcio europeu Eurofighter (integrado por empresas aeroespaciais da Espanha, Alemanha, Reino Unido e Itália).

Essa decisão facilitava que Japão adquirisse no futuro um total de 40 aparelhos F-35 para completar dois esquadrões aéreos, mas inicialmente só fechou a compra de quatro deles para o ano fiscal 2012.

No entanto, a crise financeira dos Estados Unidos conspirou contra a produção em massa dessa aeronave de combate, o que pode originar atrasos na entrega dos pedidos japoneses ou a alta dos preços estimados em mais de 82 milhões de euros.

Fonte: Prensa Latina

 

..