Jader vai depor na CPI da Grilagem nesta quarta-feira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de agosto de 2001 as 22:18, por: cdb

O presidente licenciado do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), deverá prestar depoimento nesta quarta-feira, às 15h30, à CPI da Grilagem de Terras Públicas na Câmara.

Os integrantes da CPI aprovaram por 13 votos a favor e um contra o requerimento apresentado pelo deputado Asdrubal Bentes (PMDB-PA) convocando Jader a dar explicações sobre as acusações. O senador ainda não confirmou se irá comparecer.

Ele é acusado de envolvimento em desapropriações irregulares nos Estados do Para e do Amazonas quando era ministro Reforma Agrária, entre setembro de 1987 e julho de 1997, durante o governo Sarney.

Segundo o relatório da comissão, Jader teria elevado de R$ 7 milhões para R$ 313 milhões o valor da indenização a ser paga pelo governo na desapropriação de uma propriedade. Além disso, o relatório da CPI aponta Jader como dono de 7% das terras do Pará. Segundo entendimento da CPI, ele poderá ser indiciado caso não compareça para esclarecer as acusações.

OUTRO DEPOIMENTO

O corregedor-geral do Senado, Romeu Tuma (PFL-SP), confirmou também para esta quarta-feira, às 17h, o depoimento de Abrahão Patruni Junior à comissão especial do Senado que investiga as denúncias contra o senador Jader Barbalho (PMDB-PA).

O relatório de Patruni acusa Jader de ser um dos beneficiários no desvio de recursos do Banpará.