Jader pode pegar até 16 anos de prisão por peculato

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 11 de agosto de 2001 as 21:51, por: cdb

O senador Jader Barbalho foi incriminado, na tarde deste sábado, pela primeira vez desde que explodiu o escândalo da venda irregular de títulos da dívida agrária no estado do Pará, por crime de peculato, caracterizado no artigo 312 do Código Penal. Trata-se do ilícito cometido por quem se apropria de bem ou dinheiro público, em proveito próprio ou de outrém.

Quem o incrimina não é outro senão o procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, na petição que propõem novas investigações para apurar o envolvimento do senador e de seus possíveis cúmplices no desvio de dinheiro do Banpará.

Caso seja firmada a culpa do político paraense, a pena poderá chegar a 16 anos de prisão, segundo Brindeiro.