Jacques Chirac fala sobre a amizade entre a França e Marrocos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 10 de outubro de 2003 as 00:54, por: cdb

O presidente francês, Jacques Chirac, destacou na última quinta-feira a ‘amizade intangível e indefectível’ entre Marrocos e França, durante um jantar oferecido em Fès pelo rei Mohammed VI.

No primeiro dia de sua visita ao Marrocos, Chirac saudou a ‘transição política audaz e exemplar’ iniciada com a chegada de Mohammed VI ao poder, em 1999:
 
– Esta noite, quero saudar a visão que os orienta, a de um Marrocos decididamente trilhando o caminho do desenvolvimento econômico, da justiça social e da democracia.

Após destacar que o Marrocos assume ‘toda a parte que lhe corresponde na luta contra o terrorismo’, Chirac disse que ‘lutar contra o terrorismo equivale a dar dignidade a homens e mulheres mergulhados na miséria’.

– Os extremismos se alimentam da humilhação e frustração – disse o presidente francês, destacando que ‘as melhores armas contra o fanatismo são a educação, o trabalho e a esperança’.

Chirac reafirmou que no Iraque, ‘a definição de uma perspectiva política clara é indispensável e urgente’. Para ele, ‘corresponde à ONU acompanhar a transferência progressiva da soberania e da administração das instituições iraquianas, sob a base de um calendário realista’.

Em seu discurso, o rei do Marrocos homenageou a ‘ação sem descanso’ de Jacques Chirac ‘para reforçar o papel da ONU na gestão da crise e na manutenção da paz para que a força do direito prevaleça sobre o direito da força’.