Jack Valenti não será mais o homem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de março de 2004 as 10:31, por: cdb

Há 38 anos em um cargo que lhe suscitou ódio e admiração, o polêmico Jack Valenti vai finalmente deixar seu importante cargo. A Associação Americana de Cinema, órgão que representa as majors de Hollywood no mundo todo, está à procura de um novo presidente. Aos 82 anos, Valenti foi muito criticado pela própria indústria americana (porque em outros países, como o Brasil, por exemplo, ele já era visto como um ícone da aculturação há décadas). Motivo para críticas em Hollywood: a luta contra a pirataria. Em sua radical campanha, Valenti chegou a proibir os estúdios de enviar cópias promocionais dos filmes a membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O show deve continuar, e se não se adapta ao esquema…
 
Engraçado que a pirataria na indústria do entretenimento ainda merece grandes estudos. Artistas da música que fizeram campanha contra os sites de free dowloads (Napster), como o Metallica, angariaram uma visível antipatia do público, mesmo tendo suporte de empresas fortes como a MTV e as grandes gravadoras. A questão foi tão discutida que virou ponto obrigatório em entrevistas com qualquer artista, “qual sua posição diante dos sites de música gratuitos?”. O artista ficava numa situação delicada, e se esquivava, conforme se viu na entrevista da repórter da MTV, Marina Person, com a pop star Madonna.
 
Agora basta descobrir quem vai ocupar a posição de Valenti. Quem sabe Steve Solot, discípulo arrogante da política cultural terrorista dos Estados Unidos no Brasil? Quanto a sua saída, deve se perguntar se a pirataria deve ser tão seriamente combatida assim.