Já começou o apagão aéreo do carnaval

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007 as 10:27, por: cdb

Os aeroportos do País já registram 49 vôos atrasados no início da manhã desta sexta-feira. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou para esta manhã uma reunião com o ministro da Defesa e o comando da Aeronáutica para discutir o assunto.
 
O Aeroporto Internacional de Congonhas, na capital paulista, registra 16 vôos, 13 partidas e 3 aterrissagens, atrasados no início da manhã de hoje. Também em São Paulo, o Aeroporto de Guarulhos tem 16 pousos e 6 decolagens pendentes.
 
Há dez atrasos no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília. Em Salvador, quatro decolagens continuam atrasadas. O Aeroporto Internacional do Recife já registra 9 partidas e aterrissagens atrasadas.
 
Aeronáutica convoca todos operadores de vôo

Cinco meses depois do início da crise na aviação, a Aeronáutica temia na quinta-feira uma radicalização da mobilização dos controladores de vôo e novo apagão nos aeroportos no feriado do carnaval. O presidente do sindicato dos operadores civis do Rio, Jorge Botelho, disse que há insatisfação generalizada na categoria e afirmou que, a partir desta sexta-feira, há risco de problemas nas centrais de Brasília (Cindacta-1, que monitora 85% da aviação regular do país, cerca de 3.000 vôos diários) e Curitiba (Cindacta-2) e nos controles regionais do Rio e Salvador. O percentual de vôos com pelo menos meia hora de atraso chegou a 30% no início da noite de quinta-feira, índice superior ao normal para vésperas de feriado.

O deputado Alberto Fraga (PFL-DF), que se reuniu na quinta com controladores, informou que eles estão dispostos a fazer operação-padrão, trabalhar observando os procedimentos de segurança com rigor extremo, monitorando, no máximo, 14 vôos simultaneamente. Com isso, atrasos serão inevitáveis. – Se preparem, o carnaval pode ser um transtorno violento. Vai ser o apagão total e ninguém conseguirá viajar – disse Fraga, na Câmara.

Setores do governo apostam que a ameaça é um blefe promovido por controladores interessados em desmilitarizar o setor, na quarta-feira, o governo adiou em um mês a definição dessa questão. Em nota, o comando da Aeronáutica afirmou que está atento ao incremento de movimento de aeronaves no carnaval e tem se preparado de modo a permitir que o controle de tráfego aéreo seja adequado a essa situação.

Para dar conta do aumento de demanda, a Aeronáutica convocou todos os operadores ao trabalho, mesmo os que tinham folga programada, o que aumentou a insatisfação na categoria. Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), esse ajuste da quantidade de tráfego à de controladores tem acontecido diariamente e proporcionado um serviço seguro.

Segundo fontes ligadas a empresas aéreas, os controladores já definiram até a tática a ser utilizada para pressionar o governo no feriado: desfalcar equipes, arrumando justificativas para faltar ao trabalho. Outras pessoas do setor afirmaram que os controladores pretendem concentrar a operação-padrão na volta do feriado.

O diretor da Associação Brasileira de Controle do Tráfego Aéreo, Ulysses Fontenele, disse que a paciência do pessoal está se esgotando e não sabe se conseguirá segurar os mais radicais. – Estamos preocupados também com quem não é filiado a nada – afirmou, temendo ações isoladas.

 Passageiros com dúvida a respeito de seus vôos ou de familiares e amigos podem entrar em contato diretamente com os aeroportos e solicitar informações. Confira abaixo os telefones de alguns dos principais aeroportos do País.

» Congonhas (SP) – (11) 5090-9000
» Guarulhos (SP) – (11) 6445-2945
» Santos Dumont (RJ) – (21) 3814-7070
» Galeão (RJ) – (21) 3398-5050
» Salgado Filho (RS) – (51) 3358-2000
» Tancredo Neves (MG) – (31) 3689-2700
» Aeroporto de Vitória (ES) – (27) 3083-6300
» Juscelino Kubitschek (DF) – (61) 3364-9000
» Eduardo Gomes-Manaus (AM) – (92) 3652-1210
» Guararapes-Gilberto Freyre (PE) – (81) 3464-4188
» Dep. Lu