Itamaraty quer reforçar parceria estratégica com Espanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de janeiro de 2005 as 02:28, por: cdb

Na curta passagem do primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero pelo Brasil, o Itamaraty quer aproveitar a convergência ideológica atual entre o dirigente espanhol e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para reforçar uma parceria estratégica com a Espanha.

Nesta segunda, o presidente do governo espanhol viaja para São Paulo e na próxima terça parte para Buenos Aires, no contexto de sua primeira visita oficial à América Latina. Segundo assessores do presidente Lula, a expectativa é de que as relações bilaterais entre o Brasil e a Espanha devem ser beneficiadas com a forte sintonia política entre os dois chefes de governo. Isso porque, Zapatero é do Partido Socialista espanhol, vitorioso nas urnas em 2004.

A aposta no Palácio do Planalto é de que o Brasil torne-se definitivamente uma prioridade da Espanha na América do Sul, inclusive com novos investimentos no país. Além dos investimentos das multinacionais e grandes bancos espanhóis no Brasil, Zapatero deve colocar em reunião que terá com Lula o interesse da Espanha para que pequenas e médias empresas daquele país tenham também acesso ao mercado brasileiro.

Segundo a assessoria do Itamaraty, Lula e Zapatero assinam nesta segunda a “Declaração de Brasília sobre a Consolidação da Parceria Estratégica Brasil-Espanha”. Também deve estar na pauta do encontro temas como a participação espanhola na Ação contra a Fome e a Pobreza, a cooperação e ações conjuntas na manutenção da Paz no Haiti e além das negociações de para um acordo entre o Mercosul e a União Européia.