ITÁLIA REGISTRA NÍVEL RECORDE DE DESEMPREGO

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 11:03, por: cdb

ROMA, 1 MAR (ANSA) – A taxa de desemprego na Itália alcançou 9,2% da população em janeiro, o que representa um aumento de 0,2% em relação ao mês anterior, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Instituto de Estatística da Itália (Istat).
   
É o pior índice registrado pelo Istat desde janeiro de 2004, quando se teve início a série histórica de pesquisa mensal do desemprego, e o mais alto desde 2001, se comparado com a série trimestral.
   
Assim como acontece em nível europeu, o mercado de trabalho registra os piores dados na faixa etária entre 15 e 24 anos, onde a taxa de desemprego chega a 31,1%, uma queda 2,6% sobre a base anual.
   
A presidente da Confindustria, Emma Marcegaglia, definiu como “muito preocupantes os dados do Istat sobre o desemprego”. “Estamos em 9,2%, é o pior desde 2004. Está certo que devemos equilibrar os balanços mas se não recomeçarmos a crescer os problemas serão muito maiores”, disse ela. (ANSA)