Itaboraí e São Gonçalo vão sediar complexo da Petrobras

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de março de 2006 as 18:54, por: cdb

Os municípios de Itaboraí e São Gonçalo vão sediar o Complexo Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) da Petrobras. O presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, comunicou a decisão ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva em reunião realizada, no Palácio do Planalto. Segundo a Secretaria de Imprensa da Presidência da República, participaram da reunião os ministros Silas Rondeau, de Minas e Energia, e Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil, além de diretores da estatal.

O complexo a ser construído produzirá matéria-prima (insumo) para o setor petroquímico e utilizará o petróleo pesado extraído da Bacia de Campos também para refinar, em menor escala, óleo diesel e GLP (gás de cozinha). O projeto deve receber investimentos de até US$ 3,5 bilhões e deverá gerar 75 mil empregos diretos

A petroquímica deve começar a ser construída no início de 2007. A previsão de entrada em operação é para o final de 2010 ou início de 2011.