Israelense é preso no Rio com 10 mil comprimidos de ecstasy

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de março de 2003 as 16:34, por: cdb

Um israelense, procedente de Madri, cujo nome não foi revelado, foi preso nesta quinta-feira no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro com cerca de 10 mil comprimidos de ecstasy. A droga, avaliada em R$ 800 mil, foi descoberta ao passar a bagagem pela máquina de raio X. Os comprimidos estavam escondidos dentro de um travesseiro que foi rasgado pelos fiscais da Alfândega.

O israelense chegou a negar que a bagagem fosse sua, mas acabou admitindo que iria vender a droga no Rio de Janeiro.