Israel ocupa Nablus, na Cisjordânia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de agosto de 2002 as 10:44, por: cdb

O governo de Israel lançou uma ampla operação em Nablus nas primeiras horas desta sexta-feira, ocupando a cidade palestina na Cisjordânia com mais de 150 veículos militares. De acordo com funcionários da segurança palestina, o contingente israelense era formado por helicópteros de ataque Apache, tanques, veículos de transporte de pessoal e escavadeiras.
A incursão é mais uma resposta de Israel ao atentado a bomba ocorrido há dois dias na Universidade Hebraica, em Jerusalém, e que causou a morte de cinco norte-americanos e dois israelenses. As Forças de Defesa de Israel (IDF) informou que seus soldados entraram em Nablus e estavam realizando operações de busca e detenção.
Ainda segundo as IDF, pistoleiros palestinos abriram fogo contra alguns soldados, que reagiram também a tiros. Os israelenses disseram não ter havido vítimas. Entretanto, a Sociedade do Crescente Vermelho, braço árabe da Cruz Vermelha, afirmou que três palestinos foram mortos no confronto – dois em Nablus e um no vilarejo vizinho de Salem. Outros cinco teriam ficado feridos. As IDF classificaram a cidade de Nablus como uma “base para a atividade de organizações terroristas”, com o Hamas e a Fatah à frente. Israel responsabilizou estes dois grupos por inúmeros atentados ocorridos recentemente, incluindo um ataque suicida.
O Hamas assumiu a autoria do atentado contra a Universidade Hebraica, alegando que o mesmo foi uma retaliação contra o ataque com míssil na Cidade de Gaza semana passada.