Israel ignora ONU e insiste na construção de ‘muro’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 22 de outubro de 2003 as 10:22, por: cdb

O vice-primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, afirmou nesta quarta-feira que Israel vai prosseguir com a construção da barreira de segurança que separa terras palestinas na Cisjordânia, apesar da condenação da ONU.

“A cerca vai continuar a ser construída e nós vamos seguir cuidando da segurança dos cidadãos israelenses”, disse Olmert à Rádio Israel.

Na terça-feira, a Assembléia Geral das Nações Unidas aprovou com folga uma resolução que exige a suspensão imediata da construção da barreira.

O documento, que considera a construção de Israel ilegal perante as leis internacionais, também prevê a remoção dos trechos prontos do muro.

Obrigatoriedade

O correspondente da BBC na ONU, Greg Barrow, diz que, embora a resolução envie uma mensagem clara a Israel, as decisões da Assembléia Geral não têm obrigatoriedade legal e, por isso, têm um peso menor do que as resoluções adotadas pelo Conselho de Segurança.

A resolução contra a barreira israelense foi aprovada na Assembléia Geral com 144 votos a favor, quatro contra e 12 abstenções.

Apesar do apoio à resolução, a exigência dos países árabes de que o assunto fosse levado a julgamento na Corte Internacional de Justiça, em Haia, não foi aprovada.

Os Estados Unidos e a União Européia criticaram a proposta árabe por acreditar que, se fosse incluída na resolução, a medida politizaria o papel da ONU.

A versão aprovada combina dois textos apresentados anteriormente e pede que o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, apresente um relatório sobre o cumprimento da resolução por parte de Israel dentro de um mês.

Em meio à votação, representantes da Rússia na ONU afirmaram ter divulgado uma nova proposta de resolução do Conselho de Segurança pedindo que as duas partes no conflito entre israelenses e palestinos cumpram as suas obrigações previstas no plano de paz proposto pelos Estados Unidos e aprovado pela comunidade internacional.