Israel é um dos pólos mundiais de inovação em ciência e tecnologia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 15 de maio de 2006 as 12:45, por: cdb

Israel é considerado, por suas experiências pioneiras na área de P&D, um dos pólos mundiais de inovação em ciência e tecnologia. O telefone celular e o programa de mensagem eletrônica foram criados naquele país, além da pílula que filma o interior do corpo humano, informou a assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), vinculado ao Ministério do Desenvolvimento.

Segundo revelou a assessoria do Inmetro, Israel já dispõe de fundos binacionais para financiamento à pesquisa e desenvolvimento com Estados Unidos, Grã-Bretanha, Alemanha, Canadá e Singapura, entre outros países.

O presidente do Inmetro, João Jornada, revelou que a idéia do fundo bilateral de apoio ao desenvolvimento industrial, baseado em P&D e alta tecnologia, nasceu da troca de visitas recente entre os ministros da Indústria de Israel e do Brasil.

O cientista-chefe de Israel cientista-chefe de Israel, Eli Opper, chega ao Brasil nesta segunda-feira. Além de se reunir com o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, sua agenda prevê encontros na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) e na Embraer.

– A vinda do doutor Opper está na esteira da aproximação com Israel, visando um apoio à nossa política industrial, no sentido de aumentar a competitividade da nossa indústria, agregando inovação, ciência e tecnologia, e os israelenses sabem fazer isso muito bem.

O presidente do Inmetro acredita que o fundo binacional Israel-Brasil sairá ainda este ano. Pelo lado brasileiro, esse fundo está sendo capitaneado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (Abdi).