Irregularidade contábil derruba alto executivo da AOL.

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de julho de 2002 as 11:32, por: cdb

O executivo-chefe de operações da AOL Times Warner. Robert Pittmann renunciou ao cargo depois que foi acusado de aumentar a receita publicitária através de “acordos não convencionais”. entre 2.000 e 2.0002. A Aol é o maior provedor de Internet do Mundo. Entre as irregularidades praticadas por Pittmann estão a conversão de disputas legais em acordos, a venda de anúncios no site de leilões, além de permutas entre a AOL e a Sun Microsystems, envolvendo $270 milhões de dólares, uma gota d’água no faturamento da AOL no período, que chegou a $5 bilhões.O problema é que sem essas receitas adicionais as estimativas dos analistas teriam sido reduzidas em três trimestres de 2000 e outros três em 2001.