Iraquianos vêem tropas dos EUA como mal necessário, diz pesquisa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de junho de 2003 as 14:13, por: cdb

Uma pesquisa iraquiana divulgada nesta quinta-feira mostrou que cerca de 73% dos moradores de Bagdá dizem que as tropas norte-americanas não conseguiram trazer segurança à cidade. Ainda assim, apenas 17% dos pesquisados disseram que as forças lideradas pelos EUA devem deixar o país imediatamente.

Cerca de 51% dos entrevistados acreditam que os soldados norte-americanos devem permanecer na capital iraquiana até que um governo permanente possa ser eleito.

A pesquisa, realizada pelo Instituto Iraquiano de Estudos Estratégicos independente, entrevistou 1.100 pessoas entre 8 e 10 de junho – dois meses após forças lideradas pelos EUA terem derrubado Saddam Hussein do poder.

– Devemos ser honestos o suficiente para dizer que a coalizão (anglo-americana) não nos impediu de realizar a pesquisa – afirmou o diretor do instituto, Saadoun al Dulaimi, acrescentando que outro pesquisa sobre o Iraque será publicada na próxima semana.

– Uma pesquisa de opinião livre não seria realizada durante o derrocado regime – declarou.

Pesquisas de opinião pública independentes eram impensáveis durante o governo de Saddam, que disse ter conseguido a aprovação de 100% dos iraquianos em uma eleição sem oponentes que renovou seu mandato presidencial no ano passado.

O instituto foi lançado recentemente por um grupo de estatísticos, especialistas em planejamento e professores universitários iraquianos.