Iraque diz que prisioneiros receberão tratamento humano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 10:00, por: cdb

O embaixador iraquiano na Rússia, Abbas Jalaf, afirmou nesta segunda-feira, que seu país dará aos prisioneiros de guerra norte-americanos um tratamento humano, dentro do previsto na Convenção de Genebra.

“Garanto isso em nome do Governo do Iraque”, disse à agência russa Interfax o diplomata iraquiano, acrescentando que, ontem à noite, as forças de segurança capturaram em Bagdá o segundo piloto de um avião americano derrubado sobre a capital iraquiana.

Jalaf, que garantiu que se encontra em contato permanente com seu Governo, disse que pelo menos 25 soldados americanos morreram ontem em combates com o exército iraquiano próximo à cidade de Nasiriya, cerca de 360 quilômetros ao sul de Bagdá.

“Em Bagdá, há um cemitério britânico dos tempos da Primeira Guerra Mundial. Para os americanos, faremos um igual”, ameaçou.

O embaixador alertou que a guerra contra o Iraque “terminará para os Estados Unidos pior do que a do Vietnã”.