Iraque concorda com a volta de inspetores das Nações Unidas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 16 de setembro de 2002 as 23:18, por: cdb

O Iraque concordou nesta noite nesta segunda-feira com a volta de inspetores de armas das Nações Unidas (ONU) ao país.

A ONU recebeu a notícia através de uma carta na qual o Iraque diz estar preparado para readmitir a volta dos inspetores.

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse que a oferta do Iraque era “incondicional”.

Os inspetores vão poder voltar ao trabalho em território iraquiano e o governo do Iraque diz estar pronto para discutir as condições para a volta dos inspetores, de acordo com Annan.

Prazo

A carta foi entregue ao secretário-geral da ONU pelo ministro das Relações Exteriores do Iraque, Naji Sabri, que estava acompanhado do secretário-geral da Liga Árabe, Amr Musa.

O Iraque vem sendo pressionado tanto pelos Estados Unidos como pela ONU e pelos países árabes para que aceite a volta dos inspetores de armas ao país.

Os Estados Unidos reagiram com ceticismo em relação a oferta do Iraque. Os americanos qualificaram a posição do governo iraquiano de permitir a volta dos inspetores como “falsa esperança”.

“Infelizmente, mais de uma década de experiências mostrou que você pode dar muito pouco crédito às palavras e aos atos dele (Saddam Hussein),” disse o porta-voz da Casa Branca.