Irã retomará o diálogo sobre o programa nuclear do país no dia 21

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de janeiro de 2011 as 08:05, por: cdb

Brasília – O fim do impasse em torno do programa nuclear do Irã pode estar próximo. Nos próximos dias 21 e 22, representantes iranianos e do grupo P5+1 (Grã-Bretanha, China, França, Rússia, os Estados Unidos e a Alemanha) reúnem-se em Istambul, a capital da Turquia, para retomar o diálogo. O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Ramin Mehmanparast, confirmou hoje (11) as reuniões.

As informações são da agência oficial de notícias do Irã, a Irna. Mehmanparast disse que há disposição de todos – do governo do Irã e também dos integrantes do G5+1 – para buscar um acordo e examinar possibilidades de cooperação. Segundo ele, o início das discussões foi retomado com o convite para que autoridades estrangeiras visitassem as usinas nucleares do país.

O porta-voz disse que o convite foi “um passo raro” na indicação de uma política de transparência adotada pelo governo do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. De acordo com Mehmanparast, apenas em “casos excepcionais” os governos autorizam visitas em instalações nucleares. No entanto, a União Europeia rejeitou o convite.

Para parte da comunidade internacional, o Irã esconde a produção de armas nucleares nos projetos contidos no programa desenvolvido no país. Por essa razão, desde junho de 2010, uma série de sanções – principalmente nas áreas econômica e comercial – foram impostas ao Irã. A reação foi liderada pelos Estados Unidos e avalizada pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Antes, os governos do Brasil e da Turquia tentaram intermediar um acordo para a troca de urânio enriquecido com o Irã. A medida visava a atenuar as restrições ao governo iraniano. Pela proposta, o Irã enviará urânio levemente enriquecido a 3,5% para a Turquia e no prazo de até um ano receberá o produto, em menor quantidade, enriquecido a 20%. A proposta, no entanto, não foi aceita como um acordo pela maior parte da comunidade internacional.

Edição: Talita Cavalcante

Leia também:

Ahmadinejad envia mensagem de solidariedade a Dilma devido às enchentes Irã reage à recusa da União Europeia de visitar usinas nucleares do país Irã e União Europeia retomarão no dia 20 as discussões sobre programa nuclear iraniano