Ipea estima superávit de US$ 16,2 bilhões na balança comercial

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de março de 2003 as 22:57, por: cdb

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) estima que haverá este ano um superávit de US$ 16,2 bilhões na balança comercial em consequência do crescimento de 14% das exportações e de 11,5% das importações. De acordo com cenário internacional, o preço do barril de petróleo deverá ficar em torno de US$ 33 até o final do primeiro semestre, recuando gradativamente para chegar ao fim do ano em cerca de US$ 30, avaliam os técnicos.

O coordenador do grupo de acompanhamento conjuntural do Ipea, Paulo Levy disse que a expectativa de guerra torna as projeções incertas e pressiona a economia. Para ele, no caso de a guerra não se confirmar ou ser de pouca duração, haveria uma reversão no quadro externo que poderia favorecer o Brasil com aumento de fluxos de investimentos estrangeiros.

Paulo Levy afirmou que o ambiente externo é bastante desfavorável este ano, não apenas em função da guerra , mas pelo aumento da aversão ao risco dos mercados internacionais a partir das fraudes que aconteceram em grandes companhias nos Estados Unidos, no ano passado. “Tudo isso levou a uma retração de fluxo de capital, ainda não revertida significativamente.

Uma guerra mais rápida ou a não ocorrência dela, ou ainda uma mudança no humor dos investidores internacionais certamente ajudariam a trazer o câmbio e a inflação mais para baixo”, explicou o coordenador.