IPC-S registra maior alta desde setembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 16 de novembro de 2006 as 12:38, por: cdb

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou e registrou alta de 0,34% na segunda leitura de novembro, a maior taxa desde a primeira semana de setembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. O dado segue o avanço de 0,30% apurado na abertura do mês. Duas das sete categorias que compõem o índice contribuíram para a aceleração da inflação: Alimentação e Despesas Diversas.

O grupo Alimentação registrou avanço de 1,06%, depois da alta de 0,81% na abertura de novembro. “Parte substancial deste movimento ocorreu em função dos aumentos de preços dos alimentos in natura”, informou a FGV em comunicado, destacando o avanço de 2,72% dos preços de Hortaliças e Legumes e de 0,22% de Frutas.

No caso de Despesas Diversas, o grupo apurou alta de 0,37% na segunda leitura do mês, seguindo o avanço de 0,21% da abertura do mês. O grupo Vestuário repetiu na segunda leitura a taxa de 1,37% apurada no início do mês. O mesmo ocorreu com Saúde e Cuidados Pessoais, que subiu 0,28%. A segunda leitura do IPC-S de novembro mediu os preços entre os dias 16 de outubro e 15 de novembro, comparados com os coletados entre os dias 16 de setembro e 15 de outubro.