Into passará a atender pacientes com problemas ósseos ligados à doença renal crônica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 11:43, por: cdb

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Pacientes com doenças ósseas relacionadas à doença renal crônica poderão ser atendidos pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) a partir do próximo mês. Segundo a assessoria do instituto, o novo tipo de atendimento ambulatorial será oferecido às segundas-feiras, a partir de 2 de abril.

De acordo com o Into, o município do Rio de Janeiro não conta com um centro especializado para esse tipo de atendimento, apesar de a incidência da doença renal crônica em estágio terminal na população estar aumentando a cada ano.

A doença, chamada de osteodistrofia renal, é provocada pela incapacidade dos rins do paciente com doença renal crônica em manter níveis adequados de cálcio, fósforo e vitamina D na corrente sanguínea. Como consequência, os pacientes podem sofrer com fraturas, dor e deformidades nos ossos.

O novo serviço do Into, unidade de referência em ortopedia vinculada ao Ministério da Saúde, terá como funções diagnosticar, por meio de exames laboratoriais, de imagem e da biópsia óssea, a doença e sua origem exata. Depois do diagnóstico, os pacientes terão tratamento e acompanhamento pelo instituto.

Edição: Juliana Andrade