Bondes de Santa Teresa só voltarão a circular quando houver segurança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de agosto de 2011 as 10:52, por: cdb
Os bondes circulam pela mesma rua onde passam carros e ônibus, em Santa Teresa

O interventor do governo do Rio no sistema de bondes de Santa Teresa, Rogério Onofre, disse nesta quarta-feira que os veículos só voltarão a funcionar quando houver segurança. No último sábado , o descarrilamento de um bonde deixou cinco mortos e mais de 50 feridos.

– Não dá para dar prazos. Não botar o bondinho para funcionar de qualquer maneira. Só vai voltar a funcionar com toda a segurança –, disse Onofre.

Ele informou que será feito um diagnóstico dos bondes de Santa Teresa e, depois, serão anunciadas medidas para melhorar sua segurança e seu funcionamento. Segundo o interventor, será avaliada a possibilidade de municipalizar ou mesmo privatizar o sistema.

O interventor disse também que, mesmo sem municipalizar o bonde, a prefeitura tem papel essencial na garantia da segurança do sistema, uma vez que a desordem urbana pode também colocar em risco o meio de transporte.

– Tem a questão da ordem urbana. O município tem que entrar nesse projeto, porque, nas ruas, falta fiscalização, faltam guardas municipais, carros param dos dois lados da rua –, disse, lembrando que o bonde circula pela mesma rua onde passam carros e ônibus.

Rogério Onofre, que também é presidente do Detro, órgão estadual que fiscaliza o transporte intermunicipal, disse que não faltarão recursos para a melhoria dos bondes de Santa Teresa. Isso porque, segundo ele, o Detro tem dinheiro em caixa e o governador Sérgio Cabral já autorizou o remanejamento de verbas necessárias para a revitalização do sistema.