Internos promovem tumulto em unidade da Febem no interior de SP

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de janeiro de 2005 as 02:34, por: cdb

Internos da unidade da Febem em Marília (444 km a noroeste de São Paulo) iniciaram um tumulto na noite de quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, não há registro de fugas ou informações sobre reféns. Por volta da 0h desta sexta, carros da Polícia Militar ainda cercavam a unidade.

Na noite da última quarta-feira, 202 internos fugiram de duas unidades da Febem (Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor) Vila Maria, na zona norte de São Paulo. O secretário da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, responsável pela administração da fundação, anunciou o afastamento dos 21 funcionários que trabalharam no complexo na ocasião da fuga.

Alguns internos, segundo a Febem, escaparam pelas portas da frente e de trás dos imóveis, o que seria impossível sem a conivência dos funcionários e, outros, com o auxílio de teresas (cordas improvisadas).

Entre eles estavam 73 dos 84 que testemunhariam contra funcionários acusados de tortura. Destes, apenas 26 foram recapturados. Segundo a instituição, todos os funcionários que atuavam nas duas unidades são experientes, e não recém-treinados.