Internet Comunitária atende idosos da Universidade da Terceira Idade no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de outubro de 2003 as 14:15, por: cdb

A partir desta segunda-feira a unidade Maracanã do Centro de Processamento de Dados do Estado do Rio de Janeiro (Proderj), instalada no prédio da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), receberá o Projeto Internet Comunitária.

O laboratório contará com 10 microcomputadores, irá funcionar em uma das salas da unidade. Os idosos que freqüentam a Universidade Aberta da Terceira Idade (Unati), que funciona na UERJ, serão os beneficiados com as aulas ministradas pelos instrutores do Proderj, órgão vinculado à Secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação e responsável pela coordenação do projeto que consiste em levar a comunidades carentes noções básicas de informática e permitir o acesso à Internet, priorizando o idoso.

O Internet Comunitária ficará no Maracanã por duas semanas. Segundo o gerente de Ações Sócio-Educativas do Proderj, Carlos Eduardo Batalha, a iniciativa de instalar um laboratório na Unati pode vir a ser um projeto-piloto da implantação de um amplo programa de inclusão digital para a terceira idade no Estado do Rio de Janeiro.