Infraero suspende vôos em quatro aeroportos do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de outubro de 2006 as 18:27, por: cdb

As decolagens de todos os vôos partindo do aeroporto de Confins (MG) e de parte dos vôos de Brasília, Congonhas (SP) e Galeão (RJ) foram suspensas na tarde desta segunda-feira, informou a Infraero, a estatal que administra os aeroportos brasileiros. Segundo a Infraero, 39 decolagens partiram de Brasília com média de uma hora de atraso, desde a manhã.

Em Congonhas, todos os vôos com destino para o Nordeste foram suspensos desde as 16h20. Seis vôos estão nessa situação. A determinação, segundo a de acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, é da Associação Nacional de Aviação Civil (ANAC). Os outros destinos operam normalmente. Em Cumbica, os vôos para Brasília sofreram atraso de 40 minutos, em média, durante todo o dia.

Em Cofins, todas as decolagens foram suspensas e cinco vôos estão atrasados. Não há previsão de normalização do sistema. O Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, na Pampulha, opersa normalmente.

A Infraero atribuiu o atraso nos vôos, ocorridos desde a última sexta-feira, a um aumento atípico de aviões pequenos chegando e partindo do aeroporto de Brasília, como aeronaves particulares, usadas, por exemplo, por políticos, fazendeiros e empresários.