Indústrias devem fechar o mês com melhor resultado no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de setembro de 2003 as 21:59, por: cdb

O ritmo de produção da indústria fluminense deverá esboçar melhora, em setembro, amparada na redução das taxas de juros e das perspectivas de retomada do crédito. A expectativa é da economista Luciana Marques de Sá, chefe da Assessoria de Análises Econômicas da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Os indicadores industriais de agosto, divulgados pela entidade, destacam que o processo de recuperação já observado em julho se manteve, registrando crescimento das vendas reais de 5,45% em relação ao mês anterior, em função das novas medidas que estão sendo anunciadas pelo governo. Em julho sobre junho, o aumento das vendas reais das indústrias fluminenses atingiram 10,1%.

Na avaliação do presidente do Conselho de Economia da Firjan, Carlos Mariani Bittencourt, isso não significa entretanto o início do “espetáculo do crescimento’ previsto, o que tem sido confirmado pelas manifestações das autoridades econômicas e do próprio presidente da República, que tem pedido paciência para que esse objetivo seja alcançado.

A Firjan mantém, porém, sua estimativa de aumento das vendas reais da indústria fluminense, neste ano, em torno de 5%.