Indústria do Nordeste cresce 1,9% no mês de janeiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de março de 2003 as 14:36, por: cdb

O crescimento de 1,9% verificado na indústria nordestina, em janeiro deste ano, frente a igual mês do ano passado, foi o sétimo consecutivo neste tipo de comparação. O indicador acumulado dos últimos doze meses também continua mostrando um ganho de dinamismo na atividade industrial local, ao apresentar um aumento de 0,2% em janeiro.

Na comparação com janeiro de 2002, oito dos quinze gêneros pesquisados ampliaram a produção, mas foram os produtos alimentares (15,2%) e química (5,5%) os que mais pressionaram o resultado global. Já o principal impacto negativo na formação da taxa da indústria geral veio da metalúrgica (20,9%).

Apesar do comportamento positivo do Nordeste como um todo, a produção industrial do Ceará recuou 5,4% em janeiro, interrompendo uma série de quatro expansões no confronto com igual mês do ano anterior. Também a Bahia, em janeiro, registrou queda de 0,5% na comparação com janeiro de 2002, após ter experimentado expansões em se parque fabril em novembro (3,9%) e dezembro (9,8%).

Grande responsável pela expansão da indústria do Nordeste, o parque fabril pernambucano, em janeiro, teve crescimento de 8,9% no indicador mensal, mantendo assim a tendência positiva manifestada a partir de setembro de 2002, e de 0,8% no acumulado nos últimos doze meses. As informações são da Agência Brasil.