Indonêsia é campeã mundial do desmatamento, aponta Greenpeace

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de março de 2007 as 19:31, por: cdb

O Greenpeace escreveu uma carta aos responsáveis pelo livro Guiness para pedir a inclusão da Indonésia como “campeão mundial do desmatamento”.

Segundo o relatório da FAO, um órgão ligado à ONU (Organização das Nações Unidas), dez países destroem 80% de todas as florestas do mundo. Na lista, estão Indonésia, México, Nova Guiné e o Brasil, países que registraram as maiores perdas entre 2000 e 2005.

De acordo com o Greenpeace, a Indonésia destrói uma área florestal do tamanho de 300 campos de futebol a cada hora. É o equivalente a 49 quilômetros quadrados por dia. Por ano, este número soma anualmente 2% das florestas do país.

Os valores foram retirados de um estudo de mapas publicados na semana passada pela Organização para a Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO). O estudo chama-se “O Estado das Florestas do Mundo em 2007”.

O Greenpeace sustenta que o desmatamento é uma causa direta de várias catástrofes naturais, como inundações e deslizamentos de terra, que causaram centenas de mortes nos últimos meses na Indonésia.

Os ecologistas afirmam, ainda, que o Brasil destrói mais suas florestas em números absolutos, mas que devido ao tamanho da Indonésia, sua taxa anual de desflorestamento é três vezes maior do que do país latino-americano.