Índices nos EUA animam a Bovespa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de outubro de 2006 as 11:57, por: cdb

A Bolsa de Valores de São Paulo operava em alta, nesta quarta-feira, de 0,55%, a 39.111 pontos, às 11h53, animada com a tendência de queda nos juros da economia brasileira. O dólar, no mesmo horário, operava estável, a R$ 2,13.

Indicadores positivos nos EUA também ajudavam os negócios em Wall Street e no Brasil.

Segundo o Departamento de Trabalho, a forte queda nos preços de energia ajudou o índice de preços ao consumidor a cair 0,5% em setembro, contra expectativa de queda de 0,3%. O núcleo do índice de preços (CPI, na sigla em inglês) – que exclui os voláteis preços de energia e alimentos – subiu 0,2% no mês passado, em linha com as expectativas dos analistas de Wall Street. Na outra ponta, o Departamento de Comércio mostrou que o início de construção de moradias nos Estados Unidos surpreendeu e avançou 5,9% em setembro, mostraram dados do governo americano nesta quarpara uma taxa anual de 1,772 milhão de unidades. A expectativa de economistas era de declínio para 1,64 milhão de unidades em construção.

O risco-Brasil, recuperava-se de uma forte alta nesta terça-feira e recuava 0,94%, para 211 pontos centesimais. Os contratos futuros de juros referenciados em depósitos interfinanceiros apontavam taxa de 13,570% ao ano para janeiro de 2007, com queda de 0,02 ponto percentual. Contratos com vencimento em janeiro de 2008 caíam 0,03 ponto percentual, para 13,280% ao ano.