Índice de Preços ao Produtor registra queda de 0,46% em janeiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de março de 2012 as 06:55, por: cdb

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede a variação de preços dos produtos na saída das fábricas brasileiras (sem impostos e fretes), registrou uma queda de 0,46%, em janeiro deste ano. Em dezembro do ano passado, o IPP já havia registrado uma deflação (queda de preços) de 0,17%. Mas, em janeiro de 2011, o índice havia tido uma inflação de 0,40%. Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nove dos 23 setores da indústria da transformação analisados pelo IBGE apresentaram queda do IPP em janeiro, com destaque para outros produtos químicos (-2,93%), resultado puxado pelas reduções de preços em produtos como sulfato de amônio ou ureia, etileno não saturado e adubos ou fertilizantes.

Outros segmentos que tiveram quedas de preços acentuadas em janeiro foram papel e celulose (-1,99%) e fumo (-1,92%). Já entre os 14 setores que tiveram aumento de preços destaca-se a fabricação de máquinas e equipamentos (2,45%), influenciado pela alta nos preços de produtos como rolamentos para equipamentos industriais, carregadoras-transportadoras, tratores exceto agrícolas e máquinas para colheita.

De acordo com o IBGE, o Índice de Preços ao Produtor acumulado nos últimos 12 meses registra uma inflação de 1,72%.

Edição: Juliana Andrade