Incra vai assentar 10 mil famílias no Piauí

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de novembro de 2003 as 11:39, por: cdb

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-PI) vai assentar 10 mil famílias em terras piauienses nos próximos três anos. Foi o que informou o superintendente regional do Incra no Piauí, Ladislau João da Silva.

– Sem reforma agrária, nosso Estado nunca vai progredir no ritmo de desenvolvimento social e humano que necessita o povo pobre e oprimido – acrescenta.

Na visão do dirigente, a reforma agrária atinge de cheio todas as condições para que as pessoas possam viver bem. É importante o trabalhador ter casa para morar, escola, saúde e estradas. Não basta apenas ter o assentamento, também são necessárias relações de solidariedade, de respeito e promoção da cultura.
Ladislau conta que o Piauí, como todo o Brasil, passam uma fase difícil, pois estão se baseando financeiramente no orçamento do governo passado. – Reforma agrária não é só entregar terras, é muito mais do que isso, é muito mais ampla, e apesar de existirem dificuldades, temos convicção de que com a vontade do governo do Piauí, dos vários órgãos do governo e da sociedade civil, a reforma agrária vai deixar de ser um sonho para se tornar uma realidade – ressalta.