Inadimplência empresarial tem crescimento de 9,4% em maio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de junho de 2012 as 11:06, por: cdb
Inadimplência
Crescimento de 9,4% se dá na comparação entre maio sobre abril, essa é a maior elevação entre os dois meses desde 2006

A inadimplência das pessoas jurídicas cresceu 9,4% em maio sobre abril, a maior elevação entre esses dois meses desde 2006, informou nesta quarta-feira a Serasa Experian.

A inadimplência das empresas teve salto de 13,2% em maio sobre um ano antes, e de 17,5% no acumulado de janeiro a maio, ante os cinco primeiros meses de 2011.

Economistas da Serasa Experian creditam esses números à sazonalidade do mês e ao cenário econômico, como redução do crédito externo e à inadimplência dos consumidores.

Na terça-feira, o Banco Central informou que a inadimplência tinha voltado a bater recorde no país em maio, a 6%.

De janeiro a maio, as dívidas não bancárias (como cartão de crédito) tiveram um valor médio de R$ 775,74, 4% maior do que no mesmo período de 2011.

Já as dívidas com bancos tiveram um valor médio de R$ 5.269,13, alta anual de 4,3%.

Os cheques sem fundo tiveram um valor médio de R$ 2.191,88 no mesmo intervalo, 6,5% a mais, enquanto os títulos protestados foram, em média, de R$ 1.914,33, salto de 11,1% sobre os cinco primeiros meses do ano passado.