Igreja pressiona presidente da Bolívia por ‘solução urgente’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de outubro de 2003 as 23:06, por: cdb

A Igreja Católica da Bolívia exortou nesta segunda-feira o presidente do país, Gonzalo Sánchez de Lozada, cuja renúncia é pedida por milhares de manifestantes que enfrentam há semanas forças de segurança, a buscar soluções “urgentes, sem descartar qualquer opção”.

Os líderes religiosos afirmaram, ainda, esperar que as forças oficiais não ajam com autoritarismo.

O alto comando das Forças Armadas bolivianas advertiu que “agirá com a maior firmeza” contra os “que se distanciarem da convivência pacífica” na Bolívia, em seu primeiro pronunciamento desde que foram iniciados os confrontos no país. Nesta segunda-feira, 13 civis e um soldados morreram em conflitos.