IGREJA CATÓLICA NO SUL DA ÍNDIA É ALVO DE ATAQUE

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de setembro de 2011 as 09:40, por: cdb

CIDADE DO VATICANO, 6 SET (ANSA) – Uma igreja católica da diocese de Quilon, no estado de Kerala, no sul da Índia, foi atacada por um grupo de cerca de 20 homens encapuzados, que destruíram o altar, os paramentos e o confessionário.
   
A informação do ataque, ocorrido no domingo, foi dada à agência Fides pelo bispo de Quilon, dom Stanley Roman, que se manifestou “preocupado porque, como cristão, estamos expostos ao crescimento dos diversos extremismos religiosos”.
   
O religioso relatou que o grupo de homens forçou a entrada pelas portas e janelas do local. Alguns católicos que moram na região ouviram rumores do ocorrido e correram para a igreja, mas, ao chegarem no local, foram ameaçados pelos invasores, que então fugiram.
   
“Na região há uma comunidade católica muito viva e numerosa. Por isso, temos a intenção de construir uma igreja muito grande. Talvez esse projeto colocou em alerta os grupos extremistas hindus que já, indiretamente, decidiram intimidar”, afirmou o bispo.
   
Segundo ele, nos últimos anos, houve um crescimento de grupos hindus extremistas em Kerala, assim como pequenos grupos fundamentalistas islâmicos, e, com isso, “começamos a sentir as consequências”, relatou.
   
“Tudo isso pode colocar em risco a paz social e religiosa que sempre caracterizou Kerala”, lamentou dom Roman, que, apesar disso, pediu aos fiéis que mantenham a calma e que não reajam aos ataques, para “suportar com paciência a violência e a perseguição”.
   
O bispo garantiu que os católicos agirão “segundo a lei”, denunciando o acontecimento à polícia e confiando nas investigações para que “logo possamos encontrar os culpados e leva-los à Justiça”.
   
O estado de Kerala tem a maior densidade de cristão da Índia, que representam 20% da população local. Os muçulmanos são 25% e os hindus, 55%. (ANSA)