IGP-DI tem alta acentuada nos últimos 17 meses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de novembro de 2006 as 13:17, por: cdb

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI ) fechar outubro com a maior taxa desde março de 2005, levado pela alta de preços nos produtos agrícolas e alimentos, segundo nota técnica da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada nesta terça-feira. O índice subiu 0,81% em outubro, acima da taxa de 0,24% de setembro e se consolida como a maior inflação do período, desde os 0,99% registrados em março do ano passado.

Com o resultado, o índice utilizado na correção de contratos acumula alta de 2,93% nos dez primeiros meses do ano e 3,34% nos últimos 12 meses. A inflação foi levada pelos preços no atacado, que passaram de 0,28% para 1,16%. O índice das matérias-primas apresentou variação de 5,10%, após subir 1,29% no mês anterior. Os principais destaques foram: soja (de 0,94% para 9,16%), milho (de 4,08% para 11,07%) e aves (de 1,50% para 9,00%).

Houve também o registro de alta no preço dos alimentos processados, cuja taxa avançou de -0,62% em setembro para 1,61%, em outubro. Ainda no atacado, apresentaram alta maior em outubro: carne bovina (de 3,17% para 5,58%) e arroz (de 0,33% para 11%).