IEF orienta população no Carnaval

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de fevereiro de 2005 as 09:42, por: cdb

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) inicia nesta quinta-feira uma série de orientações a população quanto às regras de utilização de parques e unidades de conservação do Estado e reprimir danos ambientais. Essa orientação faz parte da operação Carnaval.

Cerca de cem técnicos do IEF participam da operação, atuando em seis unidades de conservação: parques estaduais dos Três Picos, que abrange os municípios de Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo, Teresópolis, Silva Jardim e Guapimirim, na Região Serrana; da Serra da Tiririca, em Niterói; da Pedra Branca, na Zona Oeste da capital do estado; do Desengano, em Santa Maria Madalena, também na Região Serrana; e da Ilha Grande, em Angra dos Reis; e a Reserva Ecológica de Juatinga, em Paraty, as duas últimas na Região da Costa Verde.

Uma equipe fará operação na Rodoviária Novo Rio, onde será montada uma tenda voltada para ações de educação ambiental, com distribuição de filipetas contendo orientações de comportamento para os visitantes, exposição de mapas e banners educativos. Os técnicos estarão no local também para dar explicações sobre as regras a serem cumpridas dentro das áreas protegidas, principalmente na Região Serrana e em Angra dos Reis.

Outras duas tendas estarão localizadas no Abrahão, na Ilha Grande, e em Angra dos Reis, próximo ao cais das barcas. Nelas serão desenvolvidas a campanha Mochileiro Legal, que fornecerá informações à população para uma hospedagem legalizada, sem riscos e dentro das normas de proteção ao meio ambiente.

– Vamos intensificar a fiscalização nessas áreas para reprimir irregularidades comuns nesta época do ano, como acampamentos em áreas proibidas e lixo não perecível deixado pelos turistas – afirma o presidente do IEF, Maurício Lobo.

No Parque Estadual dos Três Picos, com 463 quilômetros quadrados – a maior unidade de conservação ambiental do estado -, 17 técnicos do IEF atuarão na operação Carnaval. No Desengano serão 22 fiscais. Já nos 80 quilômetros quadrados da Reserva de Juatinga, em Paraty, estarão trabalhando 14 técnicos, com o apoio do Batalhão Florestal. Serão fiscalizadas as praias do Sono, Grande, da Cajaíba, Pouso da Cajaíba, Martin de Sá, Itaoca e Sumaca.

Em Angra dos Reis, 22 fiscais estarão atuando dentro e no entorno do Parque Estadual da Ilha Grande, com seus 56 quilômetros quadrados, abrangendo 32 microbacias hidrográficas. A ação do IEF se estenderá pelas praias do Abrahão, Dois Rios, Demo/Aventureiro, do Sul, do Leste, Cachadaço, Proveta, Santo Antônio e Lopes Mendes.

Na Região Metropolitana, a fiscalização ambiental será intensificada nos parques estaduais da Serra da Tiririca, em Niterói, com 24 quilômetros quadrados, onde trabalharão 10 técnicos do IEF, e da Pedra Branca, em Jacarepaguá, que contará com a atuação de 13 técnicos para vigiar seus 125 quilômetros quadrados.

Em algumas unidades de conservação a operação contará com o apoio da Polícia Militar, Batalhão Florestal, Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Angra dos Reis.