‘Humilde’ caseiro quer arrancar algum do Estado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de abril de 2006 as 00:04, por: cdb

“Humilde” caseiro
Eu sabia que essa história do caseiro iria terminar mal. Vejam só. O patriótico caseiro não perdeu a oportunidade de entrar também no cofre da Caixa. É o Brasil, infelizmente. Todos querem arrancar “algum” do Estado. No caso do caseiro são apenas R$ 21 milhões! E a conta acaba em nossas costas. Na minha e na sua, leitor, que tem até 2ª feira para recolher o carnê Leão.

Casa e comida
Seria conveniente que o Planalto explicasse por que o médico sanitarista Antonio Palocci, quase um mês depois de ser demitido, continua morando na mansão do Ministério da Fazenda, no Lago Sul de Brasília, consumindo as mordomias de praxe. Alguém deveria lhe mandar um telegrama comunicando que o privilégio é exclusivo de ministro, o que mesmo assim já é um absurdo. Cada ministro deve morar em seu  próprio apartamento como acontece em qualquer país desenvolvido.

Locomoção
Pesquisadores da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp desenvolveram um módulo de locomoção motorizado, para acoplar a cadeiras de rodas manuais quando o usuário precisar percorrer longas distâncias. A grande vantagem é o preço: uma cadeira motorizada custa R$ 8 mil e o módulo sai por R$ 600.

Atraso mental
Nos últimos 30 anos, a incidência de asma e outras alergias aumentou quase três vezes nos países desenvolvidos. Mesmo assim, o governo dos EUA, maior poluidor do mundo, recusa-se a assinar o Protocolo de Kyoto, exibindo o atraso mental que só mesmo a idiotice e ambição humanas podem provocar.

Mais partidos
Com os registros definitivos do Partido Municipalista Renovador (PMR), criado pela Igreja Universal do Reino de Deus, e do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), fundado por dissidentes do PT, liderados por Heloísa Helena, nestas eleições teremos 29 partidos no horário eleitoral, que Deus no proteja! É muito lixo visual.