Humberto Costa critica condições de endividamento público

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de setembro de 2003 as 19:28, por: cdb

O ministro da Saúde, Humberto Costa, criticou o que chama de amarras ao investimento em laboratórios públicos. Falando em seminário na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o ministro disse que as condições que limitam o endividamento público limitam também o investimento.

– Hoje, os investimentos que nós estamos fazendo nos laboratórios públicos são ridículos – disse ele.

Enquanto o Sistema Único de Saúde compra cerca de R$ 3 bilhões em medicamentos por ano, o investimento nos laboratórios, este ano, é de R$ 40 milhões; no ano que vem, será de R$ 80 milhões.

O seminário, que será encerrado nesta terça-feira, discute o complexo industrial da saúde no Brasil.