Horário de verão: relógios devem ser adiantados em uma hora

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 20 de outubro de 2012 as 09:16, por: cdb

Sábado, 20 de outubro de 2012, atualizada às 11h20

Horário de verão: relógios devem ser adiantados em uma hora

Da Redação

A partir da 0h deste domingo, 21 de outubro, brasileiros que vivem nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do estado de Tocantins, terão que adiantar seus relógios em uma hora. A data está marcada para o início do horário de verão, que vai até 17 de fevereiro de 2013.

Segundo informações do Ministério de Minas e Energia, a redução da demanda no horário de ponta, que é entre 18h e 21h, é de até 4,5%, ou seja, 2.255 megawatts (MW) e a redução no consumo de energia é da ordem de 0,5%. Nos últimos dez anos, a medida possibilitou uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de maior consumo.

O horário de verão é adotado em função do aumento da demanda por energia nesta época do ano, resultante do calor e do crescimento da produção da indústria com a aproximação do Natal. O Norte e Nordeste não aderem à mudança, porque o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) avaliou que a economia nesses mercados é pouco expressiva, e não justifica a participação. Horário de verão deve reduzir até 4% no consumo de energia elétrica em Minas GeraisEnergia elétrica em Juiz de Fora terá investimento de mais R$ 10,7 milhõesDispositivo criado em JF pode economizar até 30% de energia durante o banho

Além da economia pouco expressiva de energia, os estados do Norte e Nordeste não aderem ao horário porque sua posição geográfica não favorece um aproveitamento maior da luz natural no verão, como ocorre nas demais áreas. De acordo com o ministério, por estarem mais próximos da linha do Equador, nesses locais incidem menos raios de luz ao longo do dia nos meses de verão.

Período de vigência

O Decreto nº 6.558 de 2008 determina que a temporada para ajustar os ponteiros do relógio deve começar no terceiro domingo do mês de outubro, prolongando-se até o terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente.

A medida também estabelece que quando a data de término coincidir com o feriado do carnaval, o encerramento se estende ao domingo seguinte. Nesta temporada, o horário terá 119 dias, contra 133 do período anterior.